Guararema: Presépio da Igreja Matriz

“ O povo que andava nas trevas viu uma grande luz” (Isaias 9,1)
No Natal, celebramos o nascimento de Jesus Cristo, data celebrada no dia 25 de dezembro. Na liturgia católica, o Natal nos coloca diante do mistério da Encarnação do Verbo, do nascimento de Jesus, Filho de Deus, no ventre da Virgem Maria..
O ciclo do Natal tem início com o Tempo do Advento, durante quatro domingos meditamos o mistério da Salvação, o centro desse ciclo é o Natal, e as festividade se estende até a Solenidade do Batismo do Senhor, passando pela Epifania do Senhor, celebrada no dia 6 de janeiro. O Natal é a celebração principal de todo o ciclo natalino. Cristo nasce em Belém da Judéia, em noite fria (inverno), mas traz do céu o calor vitalizante da santidade de Deus, em mensagem de paz dirigida sobretudo aos pobres, com quem se identifica mais plenamente, cumulando-os das riquezas do Reino.
Durante esta época as pessoas enfeitam as casas e montam o presépio. O mesmo foi realizado na Igreja Matriz de São Benedito, onde o presépio foi montado ao lado do altar de Nossa Senhora Aparecida.
O primeiro presépio foi montado por São Francisco de Assis, em meados de 1223, ele que foi o fundador da ordem mendicante católica dos franciscanos. O objetivo do presépio, era ensinar de forma simples, aos iletrados da região de Assis, Itália, no século XIII, como foi o nascimento de Jesus de acordo com o que é narrado nos Evangelhos. O intuito de São Francisco era criar, por meio das imagens, a simbologia do Natal e que ela ficasse impressa na memória dos cristãos. Por fim, no Natal, o mundo cristão se enche de luz para lembrar a nova luz, sol nascente entre as trevas. Jesus, que veio para os que o esperavam e se manifestou para o mundo inteiro. A Paróquia deseja todos Feliz Natal! Pe Valdenilson Pedro de Barros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *