Guararema firma contrato com hospitais particulares para utilização de leitos de UTI e enfermaria

Integram o contrato o Hospital Santa Maria e o Hospital São Nicolas, ambos em Suzano. Prefeito Zé Luiz Freire, o Zé, explica que a contratação dos leitos se faz necessária devido à alta de casos e internações decorrentes da Covid-19 

Fonte: Prefeitura de Guararema

A Prefeitura de Guararema, por meio da Secretaria de Saúde, firmou mais dois contratos de convênio com hospitais particulares da região para ampliar o número de leitos médicos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e enfermaria.

 

O contrato contempla leitos do Hospital Santa Maria, que já havia feito parceria com o município nos atendimentos de casos graves de Covid-19 e, agora, o Hospital São Nicolas, uma unidade de saúde bem estruturada e recém-inaugurada que também se colocou à disposição de Guararema para receber pacientes. Ambos os hospitais estão estabelecidos em Suzano.

 

O prefeito Zé Luiz Freire explica que a contratação de leitos se faz necessária devido à alta de internações registrada nas últimas semanas na região. “A Prefeitura está trabalhando para que não faltem leitos de Covid-19 para atendimento da população. Estamos empenhando todos os esforços para que a situação permaneça estabilizada”, afirma o prefeito. “Sabemos da crítica situação da nossa região do Alto Tietê em relação à ocupação dos leitos e, por conta disso, estamos viabilizando essas vagas de enfermaria e UTI para Guararema em hospitais particulares”, completa.

 

Segundo a Secretaria de Saúde, essas duas unidades serão fundamentais para servir de retaguarda durante a pandemia da Covid-19.

 

“Os moldes destes contratos são por disponibilidade, a unidade do Hospital São Nicolas vem somar com o Hospital Santa Maria que já nos atendia desde 2020. Sem dúvida, são novos leitos para somar forças no enfrentamento desta difícil fase”, reforça Adriana Martins, secretária de Saúde de Guararema.

 

A Pasta também informou que, devido ao aumento da demanda por atendimento, alternativas para ampliação do número de leitos serão ofertadas na própria cidade. “A equipe da Saúde trabalha constantemente para organizar e viabilizar uma nova estrutura para aumentar a capacidade de atendimento”, completa a titular da Pasta.

 

Outro ponto a se destacar é a vacinação na cidade que está em andamento, apesar da dependência de mais doses que ainda chegarão à cidade. Até agora, Guararema já vacinou 1.729 pessoas acima dos 74 anos.

 

Por fim, vale ressaltar que, além desses esforços da Saúde de Guararema, a população também deve fazer a sua parte, usando máscaras, álcool em gel e praticando o distanciamento. Esses cuidados básicos são importantes neste contexto de superlotação e para evitar a nova variante do Coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *