Deputado Federal Marcio Alvino cederá 30% de seu salário e reduzirá em 20% de seus assessores

O Deputado Federal Marcio Alvino informa que, a partir de maio de 2020, cederá 30% do seu próprio salário e reduzirá em 20% os vencimentos de seus assessores. Essa iniciativa ocorre por vontade própria do deputado, sem nenhuma votação ou decisão oficial da Câmara.
O congressista destaca que os valores serão transferidos para as APAEs no Estado de São Paulo e reforça que este é um importante momento para as entidades que, mesmo fechadas neste período e com baixa arrecadação, continuam com seus compromissos e custos fixos como as despesas com salários de funcionários e manutenções básicas (água, luz e telefone). Portanto, é imprescindível que as contas das entidades sejam compensadas para que, logo após esta fase, as APAEs possam receber imediatamente seus alunos para retomar suas atividades.
Em todo o mandato o deputado se dedicou em fortalecer as APAEs no Estado, por meio de direcionamentos de emendas parlamentares. Somente nesse período, Marcio Alvino destinou mais de R$ 10 milhões de reais para mais de 80 APAEs e seu objetivo é atender todas as 305 unidades até o final do mandato. Essa atitude apenas reforça seu compromisso que, além de continuar direcionando as suas emendas parlamentares às APAEs, também reconhece que o momento pede mais das autoridades e dos seus colaboradores. Por esse motivo e por conhecer de perto o belo trabalho destas instituições, este representante considera justo e oportuno destacar um percentual dos vencimentos a favor dessas entidades.
Cabe ressaltar que, há seis anos, Marcio Alvino está focado em reduzir os gastos, abrindo mão das principais cotas parlamentares, como aposentadoria especial, apartamento funcional, auxílio moradia, auxílio mudança e seguro saúde, além de não usar as cotas de locação de veículos, combustível, hospedagem e alimentação.
Uma economia que representa 86% da cota parlamentar. Resultado disso: Marcio Alvino se destacou e ficou entre os dez Deputados Federais mais econômicos do Brasil. São mais de R$ 1 milhão de reais preservados que, segundo o deputado, deveriam ser utilizados na Saúde em todo o País. Além dessa economia, Marcio destinou mais de R$ 100 milhões de reais para a Saúde em diversas cidades do Estado de São Paulo, incluindo também as Santas Casas dos municípios.
Por fim, Marcio Alvino pensa que ele não fez mais que a sua obrigação e, assim como a maioria das pessoas, considera que 100% das cotas parlamentares deveriam ser direcionadas no combate e enfrentamento do Coronavírus – CONVID19 e na retomada da economia. Para ele, independentemente da crise ou situação, deputado tem sempre que custar menos e gerar mais resultados para a população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *