CSI foi peça chave para esclarecimento do caso Rayane

As câmeras do Centro de Segurança Integrada (CSI) da Prefeitura de Guararema foram cruciais para o esclarecimento do caso da jovem Rayane Paulino Alves, de 16 anos. As imagens captadas deram todo o suporte e auxílio ao trabalho de investigação da Delegacia de Homicídios de Mogi das Cruzes na identificação do autor do crime, Michel Flor da Silva, de 28 anos, que era segurança, funcionário terceirizado da empresa concessionária do transporte público municipal.
As imagens mostram a chegada da jovem a Guararema e o momento em que ela é abordada por Michel, que em depoimento à Polícia Civil disse que ofereceu uma carona a Rayane e seguiu em sentido a Jacareí, onde supostamente teria cometido o estupro e, em seguida, matado a jovem.
As imagens captadas não podem ser divulgadas, pois o processo corre em segredo de justiça.
Na foto em anexo o ângulo de visão da câmera que captou as imagens.

Rodoviária de Guararema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *